Com iniciativa própria, moradores repaginaram canteiro que fica na avenida de acesso à praia municipal, Padre Valentim Felipe Stefanoni
As caminhadas rotineiras pela avenida Padre Valentim Felipe Stefanoni em Pereira Barreto ganharam um colorido a mais nos últimos tempos e tem chamado a atenção das pessoas que passam pelo local. O destaque é por conta de um canteiro que, antes sem vida, ganhou árvores frutíferas, flores e decoração.
O funcionário público Ivair Dias foi quem começou o plantio. Ele conta que as primeiras mudas que cultivou no local foram de árvores frutíferas. “Comecei apenas porque gosto muito de plantas e resolvi então cultivar algumas mudas nesse canteiro que estava sem nada”, contou Ivair.
Bastou dar o pontapé inicial para que o projeto ganhasse o reforço de sua esposa Dejaci da Silva Dias (Deja) e da amiga Vanusa da Silva. A partir daí o local ganhou cor! Flores de várias espécies e decoração com materiais recicláveis passaram também a compor o canteiro.
Mas quem vê o local ganhando vida não imagina como foi a caminhada até aqui. Quando começou, no início do ano, para que conseguisse regar as mudas, Ivair atravessava diariamente a avenida para chegar até o rio que fica em frente. Ali ele enchia tambores e com o apoio de uma carriola levava a água que era colocada nas mudas ainda em formação.
Para dar então continuidade ao jardim ele precisou de parceria. Em contato com o SAAE (Serviço Autônomo de Água e Esgoto) Ivair conseguiu a instalação de uma torneira que facilitou bastante todo trabalho. “Agora estamos em busca de um poste para iluminação. Pedimos também para a Prefeitura podar as árvores que já estavam aqui antes e precisam de manutenção, além de aterrar uma parte do jardim que fica alagada em dias de chuva”, destacou o funcionário público.
E como tudo que é feito com amor ganha força, o trio já faz novos planos. Com um pouco de tinta e pneus descartados Deja e Vanusa planejam construir um presépio para a decoração de natal. A “oficina de artes” funciona na garagem de Vanusa, logo em frente ao canteiro. Diariamente eles estão juntos, com a mão na massa para criar e dar manutenção ao que já existe.
O terreno pertence ao DER (Departamento de Estadas e Rodagem), mas até o momento Ivair conta que não houve intervenção com o plantio. A Diretora Municipal de Meio Ambiente, Sandra Seki, informou que caso surja o interesse de um projeto parecido em outros locais é importante que primeiro seja passado secretaria de obras e a secretaria de agricultura para saber se já não existem projetos públicos para as áreas. Sandra ainda reforçou que é preciso “passar instruções de plantio, pois têm locais que temos redes de água e esgoto”, completou.
Fotos: Paulo Nishiyama